Hemeroteca Digital Leila Miccolis

Não se falava de repressão como uma palavra vaga que passava ao longe, mas da nossa própria, a que dormia e acordava conosco, na nossa cama. Leila Miccolis, 1983

Inspirado pelo projeto de digitalização do Lampião da Esquina, feito pelo grupo Dignidade, a Hemeroteca digital do Acervo Bajubá contribui para a difusão do patrimônio cultural de nossa comunidade LGBT. Além de ítens do nosso acervo, usamos o espaço também para divulgar documentos relevantes e em guarda de outros agentes da memória LGBT nacional.

Bissexualidade em Tempos de HIV/AIDS – Anos 90

“O HOMEM QUE FAZ O PAPEL DE ATIVO NO SEXO NÃO SE CONSIDERA BISSEXUAL. E ABRE CAMINHO PARA A AIDS.” “O antropólogo acredita que todo homem, pelo menos uma vez na vida, já teve desejos ou fantasias secretas a respeito de uma experiência homossexual. Não existe, no entanto, uma ligação automática entre isso e um

Suigeneris Edição 16

Continuando a comemoração do mês da visibilidade bissexual, trazemos a reportagem “The Love Story Pansexual” da edição 16 da revista Suigeneris (1996) abordando uma identidade de dentro do guarda-chuva de identificações bissexuais: a Pansexual. “Casais diferentes todo mundo já viu. Às vezes um é alto, o outro baixo. Um pode ser gordíssimo e o outro

Mais de Um Século de “Cura Homossexual” no Brasil

Em meio à volta do debate sobre a “cura gay” e às psicoterapias de “(re)orientação sexual”, sempre reforçando que as identidades trans e a bissexualidade são ainda patologizadas, o Acervo Bajubá traz em versão completa uma das primeiras obras médicas brasileiras a tratar inteiramente sobre a ‘homosexualidade’ e suas propostas de tratamentos: Homosexualidade (A libertinagem

Chanacomchana Edição 12

“Nosso principal objetivo, com o Chanacomchana, é quebrar o muro de preconceitos que envolve e isola as mulheres lésbicas, criando uma rede de contatos, informações e apoio tanto no Brasil quanto no exterior” Venha conferir a decima segunda edição do boletim ChanacomChana debatendo a política das mulheres lésbicas brasileiras, desde a relação entre feminismo e

Chanacomchana Edição 3

Em celebração ao Dia Nacional da Visibilidade Lésbica, data alusiva ao 1º Seminário Nacional de Lésbicas e Bissexuais - Senale ocorrido em 29 de agosto de 1996, trazemos a terceira edição do Boletim Chanacomchana. Essa edição especial de aniversário traz a matéria GALF: A HISTÓRIA DE UM GRUPO DE MULHERES LÉSBICAS com fragmentos da memória do movimento sapatão

Chanacomchana Edição 4

Edição número quatro do Chanacomchana, que descreve a quente a ação que elas organizaram e protagonizaram no 19 de agosto de 1983. A edição conta ainda com poesias; charge; um manifesto defendendo a autonomia do movimento de lésbicas; anúncio convidando as mulheres a divulgar seus times de futebol amador feminino; depoimentos pessoais; convite para mães