Galeria Darcy Penteado

Conservo com avareza boa parte do acervo erótico-homossexual de minha autoria. As telas do “sentimentos essenciais” ou o “Adão” de plástico, só sairão das minhas mãos para algum museu ou colecionar especializados (existirão, algum dia?). Darcy Penteado

Darcy Penteado foi grande inspirador das ações de preservação memorialística promovidas pelo Acervo Bajubá. É na galeria batizada em sua homenagem onde reunimos as obras plásticas, fotografias e registros de performance de autoria de artistas LGBT brasileiros ou que tematizem a pluralidade de expressões de gênero e sexualidade. Contamos com obras do próprio Darcy Penteado, como Homem nu sentado, de 1954, retratos de Carpaneda, quadrinhos de Giboia, a coleção Astral de Elisa Riemer, além de diversas fotografias que exibem como os que vieram antes de nós exprimiam seus gêneros e afetos.

Nanquim de Darcy Penteado

Nanquim de Darcy Penteado, de 1980, para o folhetim Eu sou uma lésbica de Cassandra Rios, publicado pela revista Status.